desabafos em rodapé

(não) visado pela censura

bom dia. perante a data, 25 de abril, é difícil para mim não lhe fazer uma breve alusão. breve, porque, há milhares de opinantes que irão escalpelizar 40 anos sobre o acontecido em textos eruditos e muito bem escritos. eu só quero deixar o meu agradecimento ao Capitão Salgueiro Maia e a todos os seus camaradas anónimos que participaram de uma (revolu)ação que podia não o ter sido. com todas as portas que abria, elejo a liberdade de expressão como aquela, pensava eu, que haveria de promover uma sociedade esclarecida, justa, dona de uma opinião pública construtiva, interventiva e inteligente. se assim se conseguisse, teríamos um país a que se calhar passaríamos a chamar civilizado, tal como caracterizamos outros. afinal enganei-me. (não me apetece analisar o ADN português para chegar às razões desse “inconseguimento”)!

livros, música, cinema, rádio, jornais, revistas, mentalidades, a censura tinha um manto que tudo cobria…

 um bom dia para todos

imagem
Advertisements

2 thoughts on “(não) visado pela censura”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s