vamos com citações

 a citação está para mim, como aquela embalagem de comida pré-cozinhada que vai ao forno, e me poupa trabalho. isto para dizer, que não estando em condições de pensar, cito. lá vai:

“o homem vive preocupado em viver muito, não em viver bem, quando na realidade, não depende dele o viver muito, mas sim o viver bem. Séneca.”
nota de rodapé (para a poder ler, coloque a setinha em cima da tirinha cinzenta e desloque-a para a direita)agora é que é a verdadeira nota de rodapé, a primeira foi só para orientar: pensando melhor, e lendo mais atentamente, parece-me que eu acabei de inventar uma citação. deve ser da medicação que tomo logo de manhã. bom dia e boa semana.
 

mais um desafio

num instante vou aqui responder a um desafio. encaminhado pela Sónia de silêncio protector a bem dizer, eram dois, mas um deles, tinha muitas perguntas iguais às que já aqui tinha respondido, e acabava repetitivo. fica só assim.

. o teu dia não começa sem… sem tomar o pequeno almoço.

. senão morasses onde vives, onde escolherias viver? Porto (sem hesitações)

. guilty pleasure musical (aquele que quase ninguém sabe que tu gostas, mas conheces a letra de cor e gostas…) sou péssima a ter “guilty pleasure’s” , e tenho muita dificuldade em decorar letras de músicas, ainda mais se meterem pleasure.

.o que mais abominas, desprezas? e se eu disser, a classe politica portuguesa, e a apatia de nós todos, a deixá-los ser assim?

. qual o livro que leste mais vezes e que, de quando em vez, ainda relês? O Processo, de Franz Kafka.

qual é o filme que mais te marcou? tantos, que não consigo distinguir um, em detrimento de outros.

.  a tua vida não pode terminar agora, porque ainda te falta fazer… pedir a reforma e viajar, como nos filmes.

DESAFIOregras: colocar este selo.  desafiar entre 4 a 11 pessoas. vou falhar esta última. sintam-se as pessoas livres para o exportar, se  for essa a  vontade. não colocar o nome de quem desafia e avisar a blogger que nos nomeou que as respostas estão prontas. por agora é tudo. bom sábado. até já.