desabafos em rodapé

” a empresa está dominada por gajas”

isto à minha frente num tom coloquial sobre ambientes laborais. esta emissão de troca de palavras de maneira informal fluía, fazendo-me crer que, a empresa vivia num ambiente de galinheiro. num ápice, o meu pensamento abstraindo-se agora da conversa -embora não totalmente- fazia já juízos de valor, sobre as bicadas que cada uma delas espetava no dorso da outra, umas vezes mais subtilmente, outras mais descaradas, e agora, cheguei a perceber que havia um galo, um senhor galo, daqueles emproados que dificilmente fariam bom arroz de cabidela, devido a maus fígados. esse galo, por sinal muito competente, nem sempre se apercebe do bruá surdo que à sua volta existe, e por isso vive feliz no seu poleiro, com janela à filme, das grandes, lá no alto, onde só se chega bem de elevador,  caso contrário, para os mais destreinados é uma manobra suicida subir tanta escada para lá chegar! e ainda sem terminar de todo, a pessoa alude a duas doutoras, – também elas a trabalhar no mesmo galinheiro, mas com gabinete virado a outro poleiro –  pelo que percebi, essas sim. faziam a diferença; pela classe e profissionalismo, que sempre denotaram e no trato dos assuntos que lhes chegam às mãos e que necessitam do seu aval. essas sim. essas é que é. no entanto, agora, notava-se nas reuniões o ar triste e cabisbaixo das duas. tão diferente do de outros tempos, pese embora as responsabilidades que já então tinham. e lá volta à carga – “demasiadas gajas juntas, é o que é! “-  e pronto, a conversa ficou por ali. eu é que continuei na minha introspeção no que a gajas diz respeito, e cheguei à conclusão que no sítio onde eu vou ganhar o pão de cada dia o ambiente é percentualmente alto no que ao género feminino diz respeito; será que eu também trabalho com gajas?

Advertisements

10 thoughts on “” a empresa está dominada por gajas””

  1. Mia,
    Hoje estás imparável !
    Não se trata de um “desabafo em rodapé “…talvez mais de um “desababo da Torre de Controle” !
    Já me ri ! 🙂
    Achei-te mesmo graça !
    Compreendo mas não queria …então aludir às 2 doutoras… 😉 Nervos !
    ESTÁS IMPARÁVEL !

    Sugiro :
    workshop – ” Aprender a tricotar camisolas para pinguins”

    Eu não hesitava ! 😉
    Beijo,
    José

    Dúvida :
    As galinhas dão beijos ?
    🙂

    1. olá José, boa tarde. De facto, só agora me dei conta que dediquei algum do meu tempo a aves, embora, cada uma no seu segmento. Aprender a tricotar… a sugestão é boa, mas não é para mim. as agulhas e eu somo tão mal afeiçoadas que nem na acupunctura nos damos! Se as galinhas dão beijos? Tenho aqui uma enciclopédia que apenas me informa que não têm dentes. Tudo o resto há de ser tabu de galinheiro.; ” o que se passa na capoeira, na capoeira fica!” 🙂
      Beijo
      Mia

    1. É coisa para levar milho e aguardar algum recato, silêncio e paz de espírito? A mim entristece-me que ambientes muito femininos se transformem em maus locais de trabalho. Posso estar a generalizar, pois há homens que valha-me Deus, mas na realidade, é uma caricatura que assenta muito em variadíssimos locais de trabalho!

  2. Há uns anos trabalhei num sitio onde éramos só mulheres e a comparação a galinhas num galinheiro era perfeita. Hoje trabalho quase só com homens e continuamos no galinheiro. Só que em vez de galinhas temos galos emproados 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s