desabafos em rodapé

eu sei que não devia dizer (escrever) sobre isto

explico: eu não tenho tempo nem energia para andar a espreitar blogues muito conhecidos. esclareço; entendo por blogues muito conhecidos, aqueles que, segundo um “barómetro” especial,  têm para cima de um everest  de visitas diárias. mas ontem, devido ao desenrolar de acontecimentos que acabaram por perturbar o meu ritmo de fim de tarde, principio de noite, fiquei sem ânimo para fazer o que trazia pendurado nos ombros, abrir parêntesis, quero lá saber do trabalho, não apanha mofo, fechar parêntesis, então, resolvi fazer uma excursão por pontos de “interesse blogosférico”! não sei se o que vou dizer vai cair bem, mas mesmo assim arrisco; na minha humilde opinião há por aí muita parra e pouca uva. elucido: leio blogues  mesmo sem ser  assinante devido à qualidade intrínseca que comportam, e que apresentam um nível de anonimato vergonhoso, por comparação  com os das  vedetas emergentes que por aí pululam.

é caso para dizer: “cria fama e deita-te a dormir”!

Advertisements

15 thoughts on “eu sei que não devia dizer (escrever) sobre isto”

  1. Concordo Mia.
    Há blogues tão, mas tão famosos, e depois espreme-se e morre-se à sede. E outros que são uma verdadeira inspiração e que quase ninguém lê.

  2. Claramente, deve ser uma tendência… Os chamados “gestores de carreira” [ou as próprias vedetas] devem ter descoberto a importância que as marcas conferem à exposição e quanto é que isso pode valer em termos de investimento e de retorno… mas daí até ser sinónimo de qualidade – ou mesmo uma fórmula de sucesso – vai uma longa distância…

  3. Eu gosto de ler blogs, sejam afamados ou não, o importante é cativarem-me, distrairem-me, informarem-me e fazerem até por vezes esquecer um pouquinho a minha vida real!!! Vaguear pelo mundo virtual 🙂
    Mas concordo plenamente com o que diz… ‘Muita parra e pouca uva’…
    E alguns tão bonitos, com tão conteúdo, com tão boa escrita e por não serem famosos não se lhes merece dar o devido valor???
    Mas infelizmente é assim em tudo… Quer seja real ou virtual…

    Beijinhos grandes Mia***

  4. É verdade. Vê-se por aí cada coisa. Há um caso em especial (que agora não interessa nada dizer qual é) que tem mais de mil seguidores e que eu realmente não entendo como. Grande parte dos posts servem para fazer publicidade a marcas. Mas não deve ser o único…

  5. Interessante seu texto porque tenho me incomodado exatamente com a mesma coisa. Para piorar, alguns blogs ainda parecem usar contadores de audiência com alguma programação para “inflar” o número de visitas. Recentemente visitei uma página em que o contador registrava um visitante a mais por segundo, aproximadamente, e estas visitas continuavam no mesmo ritmo a qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana. É claro que as estatísticas ficam excepcionais e a pessoa está vendendo espaços publicitários na página (que, por sinal, não é de boa qualidade).

  6. Ok! Ok! Tá bem! Eu sei! depois de explicado (Ok), esclarecido(Tá bem) e elucidado(eu sei) com tal parcimónia, convenhamos que me sinto uma verdadeira vedeta…contra factos não há argumentos!
    Jito*

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s