coisas da vida, sábados

hoje? um bocadinho de nada, e de coisa nenhuma !

naquele livro estava tudo escrito. os parágrafos seguiam-se coesos, coerentes, alinhados e muito direitinhos. as páginas eram imensas. todos os dias se folheavam algumas delas, e quando o dia chegava ao fim; pontos e vírgulas, exclamações e reticências, recolhiam ao seu lugar. no dia seguinte outras tantas entrariam ao serviço. neste livro, nestas páginas, era o quotidiano bem alinhavado, e que a cada hora que passava, se ia desfazendo em acontecimentos; uns mais tranquilos, outros nem por isso. por vezes, havia páginas cheias de sol, risadas e boa disposição. nessas páginas havia cores muito bonitas que coloriam cada hora que passava. às vezes, essas cores misturavam-se umas com as outras, e sem se perceber muito bem porquê, escureciam. ensombravam. outras páginas, contudo, insistiam em apresentarem-se totalmente escuras sem conseguirem transmitir sensações agradáveis. muito pelo contrário, marcavam como um ferrete, deixando carimbo de incómodo. uma vez ouvi dizer que se lhe podia chamar o livro da vida. cá na minha humildade, apesar de tudo, achei que era muito  “cliché”- ora! agora, livro da vida ! – não se poderia arranjar epíteto mais original? algo que transmitisse mais erudição? quedei-me nestas considerações, e ao virar outra página, reparei que as cores e os parágrafos, os pontos e as vírgulas, se alinhavam independentemente do nome que lhe queira pôr.

pinterest

Advertisements

16 thoughts on “hoje? um bocadinho de nada, e de coisa nenhuma !”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s