desabafos em rodapé

e então?

mais um dia, não é? é assim a vida. as horas não deixam de rolar e o tempo escapa-se-nos por entre os dedos das mãos. cada dia que passa é mais um, já se vê. o que fazer? nada. aguentar e cara alegre. a culpa disto tudo, é eu hoje não ter tempo, (ironia, de facto) para me dedicar a um tema sério, dos que valem a pena. que fazer? cheguei-me à gaveta dos lugares-comuns, tirei uns quantos – tenho para mais de muitos guardados para ocasiões como esta-, e já se vê, que até agora, aqui, neste preciso  momento, já obriguei pessoas boas e decentes a ler em constante movimento ocular, pelo menos cento e doze palavras. não, cento e dezasseis. mau…cada vez que escrevo um número, vai de  acrescentar a conta das mesmas. se eu dissesse que, neste momento, já vou em cento e quarenta e uma, mentia. porque, se o algodão não engana, a matemática muito menos. e, estar aqui, a ler baboseiras quando há tanto para fazer, de facto, é abusar da boa-vontade de quem aqui vem.

sendo assim, fico por aqui que a missiva já vai longa, e quanto a substrato que era bom, pois não senhor. chama-se a isto vender gato por lebre e, sendo eu, autêntica mestre em banha da cobra, despeço-me com amizade ( ainda por cima, cito apresentadores de programas míticos já falecidos, mas é com respeito), despeço-me então, até um próximo post, esse sim, verdadeiramente interessante. duzentas e quarento e cinco palavras até ao último ponto final. amazing.

bom dia.

Advertisements

15 thoughts on “e então?”

  1. Li todas. As duzentas e tal. Escrevo apenas esta quase dúzia, para te desejar um bom dia também. (afinal foram quase duas dezenas. e afinal, agora já ultrapassou…)

  2. A Mia nunca vende gato por lebre, não sei como consegue, olhe que não é p’ra qualquer um, mas nem que escreva só baboseiras (que não é o caso) consegue agarrar-nos ao ecran a ler as duzentas e muitas até ao ponto final.

    Beijinhos e boa terça-feira.

  3. Reflectir sobre baboseiras e identificar os lugares que nos são comuns é um exercício como outro qualquer, ainda preferível à baboseira que se leva demasiado a sério e aos lugares que se presumem de grande valor. “cucu”, Mia!

  4. Mia , e então???? Amazing????
    …Pois!!! simplesmente Maria.
    Como não tens tempo se um minuto tem sessenta segundos, uma hora tem sessenta minutos um dia tem 24 horas…e nem me vou aos milésimos…bora lá curtir que se faz tarde e escreve-me algo sobre CURTIÇÃO!
    Eu dou-te o mote e tu …então???

    Beijinhos mia

  5. 240 palavras para tentar dizer o que falta para escrever alguma coisa. O vazio é mesmo assim, sempre cheio de novidades. De onde nascem os poemas, as artes e as músicas, por exemplo. Belo texto.

  6. Muitas palavras juntas com qualidade 🙂 Fico sempre deliciada e quer esteja aborrecida, indignada, cansada ou divertida o prazer de ler o que escreve e’ sempre o mesmo! IMENSO!
    Beijinho

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s