desabafos em rodapé

embrulhei em papel celofane

o meu riso que misturo com gargalhadas, Estão por agora envoltos em papel celofane. Sem cor. Daquele transparente. Caso me apeteça vê-lo, será assim mais fácil. Soltá-lo com galhardia, não é por agora, ato espontâneo, mas logo, logo, espero eu, poderei desembrulhá-lo, e, ao fazê-lo, sentirei naquele restolhar, um sinal de melhores dias. Por enquanto, uso só um sucedâneo: o sorriso. Deste, estou  a usar apenas o de circunstância, o de cortesia, e o de agradecimento.

zebras

e depois valem-me os amigos. e riscas. gosto muito de riscas.

imagem

Advertisements

14 thoughts on “embrulhei em papel celofane”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s