desabafos em rodapé

ao todo somos três

e um sofá cinzento. podia ser um cão, um gato, pássaros ou peixes (já houve, já houve…), mas não. o nosso “animal ” de estimação, é mesmo aquele sofá cinzento. afeiçoados de longa data, somos inseparáveis. é muito disputado pelo agregado familiar, aqui, do terceiro esquerdo. por estes dias, ali recostada, tive em conta natais conjugados no pretérito. como eu gostaria imenso de me recordar de dias passados em família, com avós, tios e primos. digo isto, porque leio muito sobre memórias ricas que outros partilham à volta da lareira, travessas de arroz doce, aletria, filhós, e demais iguarias. e o que eu gostava de filhós. e nunca faltaram, é um facto.

 o último natal tinha sido tão reconfortante-, e depois, naquele ano, ao virar para os sete anos, roubaram-me essa alegria. ficaram as filhós com sabor a saudade. o açúcar não disfarçava. entretanto, e porque o tempo se encarrega de apaziguar as mágoas, o dia vinte e cinco foi e veio como sempre constou no calendário. mas nunca mais foi igual. um dia, resolvemos passá-lo na aldeia natal dos meus avós: maternos e paternos. e aí sim, estávamos todos. e todos, éramos tantos. havia lareira e cheiro a fumo, e  travessas de arroz doce e filhós e  sincelo (pedaços de gelo suspensos dos beirais dos telhados ou das árvores)  muito. e que lindo era. esculpido sem mão humana, arrepiava pela beleza, assim, pendurado num equilíbrio perfeito, entre o pouco verde das árvores, e o muito branco da neve que atapetava o chão que pisávamos.  acordou-me o relógio desta passagem por outros tempos. levantei-me ainda a mastigar o frio daqueles dias.cá em casa, ao todo, somos três: 

o pai

271220151232

a mãe

271220151234

a filha

271220151233

e o sofá cinzento271220151235

e é tudo.

Advertisements

19 thoughts on “ao todo somos três”

  1. Que o ano 2016 seja muito mais cheio de alegria do que foi este ano que está se encerrando, minha Mia querida.
    Espero que você obtenha sucesso em tudo aquilo que planejar.
    Um beijo enorme deste seu amigo brasileiro.
    Alex

  2. Três podemos ser muitos, de menos é que não.
    (Perguntaram-me este ano, à notícia de que tínhamos consoado os três (quatro, em rigor animalesco): “ah, sozinhos?”… )

    Beijo grande Mia!

  3. Olá Mia, nós por cá temos um sofá castanho também muito disputados entre os 3… Os sofás são assim, aconchegantes e com muitas memórias e passagens para contar 🙂 Desejo uma feliz passagem de ano para si e para os seus e que 2016 lhe traga muita saúde, amor, serenidade e esperança. Beijinhos grandes***

  4. É impossível ficar indiferente a esta publicação!
    O sofá. Também nós éramos 3, e os gatos, claro, disputando o grande sofá castanho da sala de estar. Então nas tardes de chuva, com um filme … Delicioso.
    O sincelo. Foram 7 anos de convívio. Lá ia eu, para a escola, num exercício de “patinagem artística”, tentando não cair para dar aulas (ou não) aos alunos que tivessem conseguido chegar. Nunca tinha visto fenómeno igual. Tão belo mas que, quando em dia de aulas, e porque naqueles tempos amava a minha profissão, fazia-me barafustar por a escola ter fechado. 🙂 As saudades que eu tenho das minhas “escolinhas” da Guarda: Manteigas, Trancoso e Seia. Depois, lá me mandaram para Cinfães quando pensei que, finalmente, estaria a aproximar-me de casa, terras de Salazar. E tudo mudou: o sofá, veio uma doença bater à porta sem pedir licença que inicialmente atacou a minha mãe e depois o meu pai,… Agora, a sala quase sempre está vazia. O pai partiu, a mãe apenas há poucos meses consegue estar na sala e no sofá (mesmo assim só para ver as novelas irritantes da TVI),…
    Momentos que agora procuramos adoçar.
    Um abraço.
    Feliz 2016.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s