desabafos em rodapé

passeios de domingo

o domingo é um dia dúbio: ora agarra simpatia, ora catrafila ódios. Mais, o domingo, é daqueles dias que apenas toleramos atá à hora de almoço, começamos a hostilizar a partir das quinze, cresce-nos o rancor a roçar as dezoito, e afundamo-nos em execração, a partir daí. Se tenho pena do domingo? Não. Para isso, a segunda-feira, também um dos dias da semana que suscita bastante aversão, podia, de algum modo, solicitar misericórdia, e, tanta generosidade, não cabe no meu coração.

E os passeios de domingo? Senhores, tenham dó de mim. Não me levem a mal aqueles que gostam de apanhar ar domingueiro, mas eu, de facto, só arrastada por corda.

E, para que este post não seja totalmente condenado ao fiasco, um bocadinho, concedo, agora muito… não! Ficam aqui uns miseráveis 22 segundos de vídeo, onde se ilustra esta situação de forma magistral.

caso o vídeo não esteja vísivel, agradeço que me informem. podem também incluir insultos elegantes cheios de eufemismos selvagens.

 

Advertisements

20 thoughts on “passeios de domingo”

  1. Igualzinho aos passeios à beira-mar da minha terra natal! eu costumo chamar ao Domingo o dia do amor-ódio… ama-se porque é – em geral – um dia de folga, mas odeia-se porque é o prenúncio do começo da semana. E é um dia tãaaaooo preguiçoso, tenho a sensação que não acontece nada e as horas passam! Excelente vídeo, btw, tu e a tua filha vão longe com estas curtas! 😀

    1. Interessante. Eu que pensava que a aversão ao domingo era basicamente brasileira. Por este post e alguns outros seus, Mia, bem como pelos comentários neles, só posso concluir que essa – justificável – aversão é, a bem dizer, luso-brasileira. 🙂

      1. Eles, não sei, mas eu sinto de certeza! Os passeios deles aos Domingos também passam assim por ir às lojas, embora quase nada esteja aberto ao Domingo, ou então param pelos cafés. Voltinhas dos tristes de carro é que acho que não há muitas, mais se poupa em gasolina! 😀

      2. Flamengo! Onde eu vivo não se fala francês, mas o tal Flamengo. 😀 E eu ainda não fui a Bruges, vê bem! Mas gostava de ir agora daqui a umas semanas, há comboio para lá e dizem que é das mais bonitas cidades da Bélgica. Há outras cidades que vale a pena visitar, se cá voltares!

    2. Carina, a resposta ficou um pouco mais lá par o fundo. Peço desculpa. Obrigada pelo cumprimento relativamente ao vídeo. É, sem dúvida, extraordinário, como ilustração da minha pouca vontade de sair ao domingo… 😀

  2. Concordo contigo, o Domingo é bom para ficar em casa, mas, por enquanto ainda não stresso a pensar no dia a seguir, prefiro aproveitar o momento ao máximo, até porque é dos dias eu que estou mais descansada 🙂
    Bjs

  3. Sair é bom, Mia, independentemente do dia da semana. Antes sair, neste caso, ao domingo, do que ficar encafuada em casa, a pensar que “daqui a pouco é noite, o dia passou a correr comigo aqui metida, e amanhã já é segunda-feira (outra vez)”. 😀

    1. Claro que sim, sair é bom. Mas o domingo para mim, é mesmo um dia muito aborrecido! De resto, é verdade; antes dar uma voltinha do que ficar até ao fim do dia com lamentos sobre a aproximação da segunda-feira… 😀

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s