coisas minhas

afinal, o que aconteceu?

-olhe, a bem dizer, eu não estava lá para ver, mas ouvi dizer que era uma operação da polícia aos transporte de mercadorias.

– ah, sim? e estavam muitos camiões parados?

-olhe, isso não sei, mas parece-me que eram alguns…

– esta agora! a polícia também tem montado operações nas rotundas, em plena cidade.

-olhe, isso não sei, mas cá para mim, fazem muito bem, que anda muito malandro por aí. agora, vou andando, quero ir comprar um livro de um autor japonês que fala em assaltos a padarias.

– olhe, isso não sei, que não tenho tido tempo para ver notícias, mas é uma tristeza, anda o povo cheio de fome.

 

 

Advertisements

7 thoughts on “afinal, o que aconteceu?”

  1. A tag vem bem a calhar. Li três vezes, e ainda acho que o contexto me escapa. Creio que preciso ler-te mais, viraste um enigma para esse pobre leitor. Afinal, o que aconteceu?… Queria tanto ler esse Japa, mas sempre entra um europeu ou americano no meio. Boa noite, querida Mia.

    1. WLD, boa noite. Isto são delírios meus. 🙂
      Hoje, no caminho de regresso a casa havia um aparato policial na estrada que inspecionava camiões de transporte de mercadorias. Os carros que seguiam à minha frente faziam fila para poderem ver bem o que se passava. Imbecis. Estávamos do outro lado da estrada, separados por um paredão de cimento e, aqueles “basbaques”, apenas atrapalhavam quem queria seguir caminho. E como já ouvi variadíssimas vezes este tipo de diálogo, coloquei-o aqui, pois, as pessoas ao chegarem a algum lado têm tendência para este tipo de relato. Eu deliro muito.
      Agora, quanto ao “japa”, o livro, apenas me convenceu na primeira narrativa. A segunda, achei-a um pouco forçada. Vou voltar a Ballester com a “Crónica Del Rey Pasmado”. É delirante num grau superlativo. É leitura repetida, mas , que fazer? Apetece-me.
      Espero não ter sido muito confusa na explicação.
      Grande abraço,
      Mia

      1. E eu te incomodando a dar explicações… Ficou absolutamente claro. De dar dó de você. Realmente, uns “basbaques”. Mia, muito obrigado pela explicação, prometo me esforçar mais para que não tenhas que fazer um post nos comentários de novo. Sobre o japa, obrigado pela resenha que serve-me, e pela outra que despertou a curiosidade. Beijo e boa noite. 🙂

      2. A mim interessa perceber isto:
        “Agora, quanto ao “japa”, o livro, apenas me convenceu na primeira narrativa.” Falas de Murakami? Qual primeira narrativa?

      3. Sim, Lady. O livro citado, sinceramente não me convenceu a 100%. Quando falo na 1º narrativa, prende-se com o 1º assalto, que achei delirante: dois tipos que assaltam uma padaria, ou, pelo menos assim o queriam fazer, e , ao deixarem sair o último cliente acabam a ouvir Wagner por imposição do dono do estabelecimento, acho muito bom. E ainda, a fome que os assaltava ser descrita como se “tivessem engolido um vazio cósmico” e vai em crescendo, até me parecia sentir o cheiro do pão acabado de sair do forno, fez-me ler bem depressa. Algumas ilustrações são bem conseguidas, outras , nem tanto. Depois, a fome que o ataca durante a noite, anos depois, já no seu apartamento, e casado, que desemboca noutro tipo de assalto, apesar das duas histórias serem uma só, eu divido-as. Não sei se faço bem ou não, mas foi assim que conclui a leitura.
        Muito boa noite e boas leituras.

  2. Perguntei por não saber, ao certo, ao que te referias. Já li muitos dele, nem todos com o mesmo entusiasmo. Recomendo “Kafka à Beira Mar ” e “19Q4” (os meus preferidos). Este não conheço, o da padaria. Comecei ontem “O Sono” (oferta de Natal) e entre hoje e amanhã termino. Gosto do autor. Beijo, Mia. Não gosto muito de falar, em blogues, de livros. Abro contigo esta excepção 🙂

    1. Obrigada e boa noite. Também já ouvi falar muito bem de Kafka à Beira Mar. 19Q4, não conheço. Vou ter de averiguar. Sobre ” O Sono”, há quem diga que deixa a desejar, mas é como tu dizes, não vamos falar de livros. Eu, é mais delírios. 🙂
      Até amanhã-

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s