coisas minhas, desabafos em rodapé

foi assim que aconteceu

eu ontem, estava  a trabalhar. estava  a dar muita atenção ao que se passava em meu redor. entretanto, no meu interior anatómico, surgiu um sinal de alerta: carência de alimento, fome, por assim dizer. muito bem. vamos lá pedir licença para sair só ali, até ao bar, e faço um exercício aos maxilares que é uma beleza- pensei eu. licença obtida. corre, para não seres abusadora. corri. pedi. comi. coisa simples. frugal: uma banana. corri. pedi para entrar. sentei-me. muito blá, blá depois, saí. uma vez no carro, liguei o autómato (cérebro , ao fim do dia). conduzi. cheguei. ao sair do carro um súbito mal-estar geral. consegui chegar à farmácia, e adquiri um medicamento que costumo usar nestas situações periclitantes ao nível da saúde pessoal. minha, portanto. uma vez no prédio, lote 10, o elevador até ao 3º esquerdo pareceu-me levar uma eternidade. suores. calafrios. o espelho da máquina ascendente (naquele momento, pois noutros é descendente) empurrou-me para fora. eu estava de meter medo ao susto. procedimentos habituais para entrar. e o mal-estar crescia. um certo sabor a uma determinada fruta subia às pupilas gustativas vindo cá do fundinho. sentia já, que não ia ficar por ali. algo no meu estômago queria muito sair. fiz-lhe a vontade. o momento seguinte foi como nos filmes: cabecinha caída sobre um certo utensílio sanitário, e etc.

desagradável. muito desagradável, tendo em conta que, não me safou de vir trabalhar, hoje, terça-feira, dia tão jeitoso para ficar a descansar. a vida é muito difícil para os assalariados.

-e já estás melhor? – perguntam vocês.

-já estou melhor, obrigada pela preocupação. que remédio tenho eu. nada se faz a esta hora, sem eu pôr mão nisto.

Advertisements

16 thoughts on “foi assim que aconteceu”

  1. oh céus! Mas que raio de banana te deram!?
    ao menos que dessem uma para um mal-estar que obrigasse a ficar em casa…uns dois 5 diazitos para receberes baixa, nada de abusador… 😉
    agora a sérios, estás melhor, certo!?
    Beijinho do ❤

  2. Mas a banana estaria quente? Eu costumo comer uma banana a meio da manhã, que me cai directinha no estômago já espaçoso e vago, e nunca tal coisa me aconteceu! Pobre Mia.

    1. Eu penso que, pelo facto, de estar com um nível de stress muito acentuado, a juntar a estômago vazio, deu mau resultado.
      Valeu-me expulsar o “demónio” ordeiramente. Alívio.
      Beijinho,
      Mia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s