coisas minhas, desabafos em rodapé

arrumação lúdica

tenho para mim que, se fosse a dona desta gaveta, nos primeiros dias havia de abrir e fechar sem nada guardar. rimou. foi sem intenção.

GAVETA_anigif

está o dia tão murcho.

Advertisements

8 thoughts on “arrumação lúdica”

    1. Boa noite, Teresa.
      Eu chamar-lhe-ia “gaveta-ouriço”. Numa clareira, não muito aberta vivia uma família de ouriços -cacheiros. Levava um quotidiano calmo, sereno, pachorrento – tirando o facto de, quando em vez, terem de fazer frente a um texugo ou raposa atrevida – tudo parecia fluir. Mas, um dia, a clama foi abalada por aquilo a que os humanos chamam de serra. Esta, era elétrica, barulhenta e fatal. Foi-se a árvore mas ficou a floresta. Contudo, aquela, levava consigo uma memória importante; o facto de ter feito parte da vida de muitos animas, entre eles, uma família espinhuda. Fofa, mas espinhuda. Um dia, quando viu a sua madeira transformada numa gaveta, também conhecida por caixa corrediça com o objetivo de receber pares de peúgas, não aguentou: eriçou-se.

      Espero não ter aborrecido com a leitura. É tão só uma interpretação do objeto. E uma tentativa de completar o raciocínio iniciado com ” Uma gaveta eriçada… detestará arrumações?”
      A dita tem arte, engenho, e podia muito bem ter um passado destes. Podia, não podia?
      Um beijinho, Teresa. Boa semana.
      Mia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s