coisas da vida, desabafos em rodapé

olhei para o céu

e estava estrelado. dizem que amanhã, lá mais para a tarde, há possibilidade de aguaceiros. e depois, pode muito bem vir  a acontecer o céu carregar-se de nuvens negras e cair água até fartar. outra vez a humidade. os meus ossos, que começam  a ficar recheadinhos de carne, ressentem-se destes  humores. depois , vem o fim de semana, e os graus baixam tanto que podemos voltar à manta e ao sofá sem complexos. quiçá até ao chocolate quente, para aumentar mais um pouco de volume na cintura interna e externa e obrigada, mas estou bem assim.haja contenção. “para melhor está bem está bem, para pior já basta assim”. eu é que não me mexo, depois queixo-me. não, minto, por acaso, fui agora, eram umas nove horas, lá abaixo fazer uns depósitos. 25 graus. “pode lá ser?” – exclamei,  sem o ter feito na realidade. pode. agora, estou de manga curta em casa,  e começo  a sentir um desconforto nos ombros. sou uma mariquinhas, por acaso até não. aguento bem. o nariz é que não há meio. tenho o pó todo acumulado na varanda. pior que uma carraça. chega, e depois não há meio de ir embora.  não sabe que ” o hóspede e a lebre, aos três dias fede?”. é fácil ir buscar estes adágios para encher espaço, até pode parecer, mas a esta hora após um dia de intenso trabalho, debitar a esta velocidade,  é obra!! só eu sei o barulho que vai cá dentro com tanta peça a ranger, e nem vou dizer que tenho tido o cérebro em pousio, porque isso é tão evidente que seria quase como  um pleonasmo , caso se tratasse disso mesmo. boa noite. vou ver se “há estrelas no céu a a dourar o meu caminho”…

Advertisements

7 thoughts on “olhei para o céu”

  1. Que as tenha em grande quantidade, também amo por demais as estrelas e quando posso fico fitando-as até o sono bater e aos olhos dizer, agora não posso mais. 😉
    Por falar em estrelas, gostaria que ouvisse essa música, sei que ficará apaixonada com tanta poesia, meu presente para lhe encher de alegria.

  2. No que à meteorologia diz respeito, não há monotonia neste cantinho à beira-mar plantado. Numa semana, emos direito a todas as estações.

    Um beijinho, Mia e um dia feliz 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s