desabafos em rodapé

o que é que se passa no 3º esquerdo?

olhem,  anda aqui uma cidadã num sofrimento atroz, que vai ser difícil de verbalizar de modo a emocionar todo um universo de leitores que aqui vem na esperança de encontrar algo que valha a pena ler. este vai valer. prometo.

parte I

ainda há poucos dias vivíamos uma época muito dada a provas gastronómicas que podiam roçar o superlativo, que não havia arrependimento que nos afetasse.

nota: este uso do plural destina-se a entender que, apesar de  eu ser só uma, vivo com duas pessoas diferentes dentro de mim.

parte II

entretanto, um objeto que dá pelo nome de balança, agiganta-se para nos chamar à razão. loucas são as ações de pessoas alheias ao bom senso. orelhas moucas se fazem, ao apelo de quem conhece as suas consequências.

parte III

a decisão é tomada. sempre conjugada no futuro. sempre à espera de poder avançar com determinação. o arrependimento assim o dita. o sofrimento provocado pela leitura dos números na balança não deixam margem para hesitações:

demain-jarrete

imagem

oui. c’est moi.

bom dia  e muito obrigada.

Advertisements

12 thoughts on “o que é que se passa no 3º esquerdo?”

  1. Estou sofrendo também com o superlativo que foi servido nas festividades, mas minha briga é agora contra a balança. Nem tudo começou como devia em 2017 e tudo começa com meu peso hahaha
    Feliz Ano Novo Mia! Desejo tudo de bom para você e sua família em 2017 😀

  2. Ora aqui está uma resolução de ano novo que, receio, não seja exclusiva do 3º esquerdo, mas de todos nós 🙂
    A meu favor, tenho apenas a dizer que comecei mais cedo, ou seja, na segunda-feira.

    Um beijinho, Mia 🙂

  3. Pois eu já cheguei à conclusão que a única forma de emagrecer, para mim, é ter uma gripe valente que me deixe sem comer uma semana. De resto, “vaya” resoluções! E depois, para quê querer tanto uns quilos a menos? Vamos na mesma arranjar montes de defeitos no nosso corpo e na nossa vida para estarmos insatisfeitas… Por isso, viva um bom pitéu! Beijinhos amigos para ti, Mia!

  4. Mia, também comecei o ano a zangar-me com a balança!
    O pior é que também me zanguei comigo e isso já está errado. Comecei a fazer as pazes comigo e a ver se me trato melhor… pode ser que a balança siga o exemplo 🙂
    Beijinhos!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s