coisas minhas, desabafos em rodapé

a senhora do óbvio

acumulara reputação. dona de uma quantidade absurda de irrefutáveis, incontestáveis e evidentes – dizia-se mesmo que nem sabia o que possuía, tinha uma grupo de contabilistas só para essa função – a senhora do óbvio era muito popular no seu bairro. a tudo acudia com resposta imaculada e sem direito a obscuridades. a sua fama alargou-se, ultrapassou fronteiras, e logo surgiram uns pequenos grupelhos prontos para a desestabilização do status quo -dizia-se à boca pequena que eram elementos pertencentes a gangues, crime organizado no segmento do controverso, do refutável, do contestável. aquela proximidade afigurava-se perigosa. uma tensão latente tomou conta das ruas: enquanto uns observavam o óbvio em tudo, outros ousavam entrar no terreno do obscuro. viveram-se dias intensos, esperavam-se confrontos. os jornais evitavam o assunto, até que alguém com responsabilidades na área da jardinagem pública, observando o despontar naquele dia de março, soalheiro, uma tulipa, não conseguindo conter a emoção, perguntava aos transeuntes, se não era talqualmente, como as delicadas tulipas holandesas. todos lhe respondiam que era óbvio, e abanavam a cabeça. a senhora, essa, observava de cima da sua torre de marfim, e sorria.

nota : uma torre de marfim fica sempre bem num amontoado de parágrafos sem nexo. acho eu!

Advertisements

6 thoughts on “a senhora do óbvio”

  1. Recebi de presente, há dias, um saquinho holandês como bolbos de tulipas. Não estando ainda de posse de total mobilidade não será desta vez que experimento, com as minhas próprias mãos, a jardinagem. Por isso encarreguei o meu pai de as plantar. Espero vê-las florir, obviamente. 🙂

  2. Saludos. Me ha hecho sonreir observar tu artículo.

    Me ha parecido una lección muy sugestiva, pero, en ciertos temas
    difiero un poco de su prestigio. He avistado que tiene más
    manifestaciones, garantizo atrapar un período para interpretarlas.

    Ten por seguro que escoltaré todas tus manifestaciones. Te
    congratulo por tu portal web. Un acogedor saludo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s