desabafos em rodapé, coisas minhas

e se me desse agora

para desatar a escrever tudo em diminutivos, como quem faz um desabafozinho, nesta manhã cinzentinha, onde corre um arzinho assim friito, capaz de nos aborrecer os ossinhos?

e então? vocês eram pessoas para perder um tempinho a ler? sim? obrigadinhos.

e se

o fizesse, à espera que um solzito aparecesse, para me dar vontade de começar a fazer a malita destinada a uma voltinha que tenho agendada já há um tempito, ou tempinho, vá?

logo se vê.

coisas minhas, desabafos em rodapé

o cinema anda ruim, não anda?

estou a ver televisão. o Robert de Niro está ali aos tiros desenfreados, histérico, ele que já foi um taxi driver , um touro enraivecido, caçador numa guerra no sudeste asiático… não tenho gosto em vê-lo assim. os anúncios de filmes na grande tela de verão também não convencem. o cinema anda ruim, não anda? a sétima arte anda pelas ruas da amargura, e a amargura até dá bons argumentos, mas…deixemos isso. gosto de filmes franceses.

coisas minhas, desabafos em rodapé

ojerizar

sorria, está a ser filmado. não acho que este imperativo seja muito democrático. que haja necessidade de instalar câmaras em circuito fechado, em determinados organismos, não discuto. agora, o sorrir…vou encará-lo como uma sugestão, apenas. também compreendo que deve ser mais agradável para quem visiona as imagens, ver pessoas sorridentes, ao invés de carrancas. ele há dias que sinto animosidade com tudo e mais alguma coisa. hoje, é um deles. e a primeira embirração, já ficou registada.